Um bolo fácil para o chá

Que título despretensioso, não é?

Falo-vos do tal bolo que ofereci à minha vizinha e que resultou nesta história maravilhosa. Fi-lo a primeira vez, depois de umas saudades imensas de um bolo que comprava nos mercados em França e, misturando duas receitas diferentes (a da fouace francesa e a da massa do bolo-rei), com substituição de alguns ingredientes que não consegui encontrar, resultou este bolo que correu muito bem na primeira vez e, por isso, já repeti um montão de vezes.

Como estou convencida que foi inventado por mim, decidi chamar-lhe Bolo da Rita.

Receita de bolo para chá muito fácil

Ingredientes

  • 3 ovos
  • 150 g. de açúcar
  • 100 g. de manteiga
  • 30 g. de fermento de padeiro dissolvido em 100 ml. de leite morno
  • 2 colheres de sopa de água de flor de laranjeira*
  • 1 pitada de sal
  • 500 g. de farinha
  • açúcar e amêndoa laminada (a gosto) para polvilhar

* Podem substituir por 1 colher de chá de essência de baunilha, ou por sumo de laranja, não fica a saber ao mesmo, mas também fica bom.

 

Modo de preparação

Convém usar uma batedeira com taça, tipo kitchenaid ou algo do género, só para não deixarem de sentir o vosso braço.

Comecem por bater os ovos com o açúcar até formar um creme, juntem a manteiga à temperatura ambiente e continuem a bater até terem um preparado uniforme.

Sem desligarem a batedeira, deitem o leite (já com o fermento bem dissolvido) e a água de flor de laranjeira (ou a baunilha) e o sal. Troquem as pás da batedeira, para pás de massa e adicionem depois a farinha aos poucos. Batam durante 15 minutos.

Deixem levedar por 2 horas e, no final, quando a massa já tiver crescido, coloquem numa forma ou tabuleiro untado, fazendo um buraco no meio (como no bolo rei). Pincelem com leite e polvilhem com as amêndoas e o açúcar. Vai ao forno a 180ºC, cerca de 30 minutos.

 

Este bolo, óptimo para acompanhar um chá, tem um aspecto tosco e é mais uma espécie de pão adocicado do que um bolo, sendo que a quantidade de açúcar podem ajustar a gosto e os aromas, podem também ser adaptados conforme o que tenham à mão.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo