DIY – Bolsas de pano

Quem me acompanha por aqui, sabe que a minha iniciação à costura se fez de forma autodidacta e há relativamente pouco tempo.
Não percebo (quase) nada do assunto e tudo o que tenho feito ou é muito simples ou então passo por uma série de aventuras até obter algo decente.
Saliento o episódio em que, sentindo-me confiante, decidi avançar para as bainhas de umas calças. Antes de conseguir completar as bainhas, cosi uma das pernas de um lado ao outro…3 vezes…
Mas pronto, entre faz e desfaz, posso dizer que aprendi a costurar com esta máquina que comprei em 15a mão. Uma máquina sólida e resistente mas um pouco rudimentar. Uma experiência ao nível de aprender a jardinar (em vasos) com um tractor.
Uma naba como eu precisava de algo mais simples de usar e que fizesse mais coisas de forma automática. Assim sendo, adquiri recentemente uma maquineta nova. Made in Vietname, com muito mais plástico que a outra, mas com a qual me estou a dar muito bem.
Mas, ainda no tempo da máquina tractor, fiz estas bolsas não têm nada de especial em termos de técnica de costura. Fi-las, quando coser a direito ainda era toda uma dificuldade (agora já domino!), com o propósito de organizar a roupa da Inês na mala da maternidade. Mas continuo a usá-las actualmente, sempre que vamos de viagem, para pôr as meias e outras coisas pequenas.
Por isso, quer estejam em vias de preparar a vossa ida para a maternidade, ou simplesmente a aprender a costurar à máquina, este é um projecto fácil e que pode revelar-se útil.
Se não tiverem muita confiança nas vossas capacidades a este nível (como eu não tinha nas minhas), o truque é escolherem tecidos giros. Mesmo que as costuras não fiquem perfeitas, ninguém vai reparar.

Por ser um trabalho tão simples, não tenho nada para vos ensinar, apenas explicar que se cosem as laterais e na parte de cima se faz uma bainha na qual passa a fita que servirá para fechar. Só um pequeno truque para que a fita de cetim não se desfie: passem ligeiramente com um isqueiro nas pontas.

bolsas maternidade_4Neste caso específico, fiz umas etiquetas de veludo bordadas à mão para identificar o que era para cada dia e “escondi” a parte de trás com entretela de colar.bolsas maternidade_2Ficaram giras, não ficaram?

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo