DIY: Quadro com conchas

Sou uma maluquinha das conchas, assumidíssima. A cada viagem que faço, envolvendo praia, é certo que vou passar umas boas horas à beira-mar à procura de conchas, búzios, pedrinhas, pedaços de coral, vidro rolado, pedaços de madeira, vale tudo.

É uma actividade altamente relaxante mas, ao mesmo tempo, puxa pela adrenalina e deixa os sentidos alerta. Porque para fazer a coisa de forma profissional, é preciso estar atento ao que se passa na zona de rebentação e dar umas corridas de vez em quando, para apanhar aquele tesourinho. Eu avisei que sou maluquinha…

 

 

Portanto, podem imaginar que tenho muita tralha destas em casa. Para evitar que ficasse tudo a ganhar pó, decidi começar a fazer coisas para lhes dar utilidade e visibilidade. No Natal que passou, fiz enfeites com conchas e búzios para decorar a árvore, já fiz ímans para oferecer, com búzios que trouxe das Maldivas, faço muitas brincadeiras com a Inês onde usamos conchas e vidro rolado, etc

Hoje, mostro-vos esta ideia, para aproveitar as conchas e tesourinhos de praia mais bonitos, que não tem muito que saber, mas que acho que resultou muito bem.

Quadros com conchas e tesourinhos de praia

Materiais

Conchas, pedrinhas e etc – tudo muito bem lavadinho
Molduras estilo caixa (usei as Mossebo – Ikea)
Cola forte (usei UHU all purpose power)
Feltro (usei branco)
Pinça (opcional)

Como fazer

Já perceberam que não há muita ciência, são conchas coladas numa moldura de caixa, mas explico-vos como fiz:

Comecei por cortar o feltro com a mesma medida do fundo da moldura e colá-lo muito bem. Depois, escolhi conchas e elementos que cabiam dentro da moldura. Eu tinha alguns búzios muito bonitos mas que eram demasiado grandes para a espessura da moldura e que, por isso, tiveram que ficar de fora deste projecto.

Antes de começar a colar, dispus todos os tesourinhos que queria usar e procurei uma forma harmoniosa e agradável à vista, para os organizar. Como alguns são igualmente bonitos vistos de diferentes ângulos, tentei que isso fosse perceptível.

Quando finalmente estava satisfeita com a disposição, comecei então a colar. É um trabalho de paciência, porque é preciso ficar a segurar cada objecto durante um bocadinho enquanto a cola começa a secar.

No final, depois de tudo bem seco, basta voltar a encaixar a moldura e está feito.

Fiz um quadro para cada destino de onde trouxe as conchas mais bonitas: Lombok, Maldivas e Langkawi, mas já tenho ali mais materiais para fazer outros tantos. Se optarem por fazer assim, por destino, além destes objectos, podem incluir também fotografias dos dias passados em cada um deles, ou bilhetes de monumentos visitados e viagens que por lá fizeram que vos tragam boas recordações.

Quando me organizar, mostro-vos mais algumas opções também com conchas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo