Sopa de cação

No outro dia, quando publiquei a receita das broinhas de manteiga da minha avó, enumerei algumas coisas boas que ela cozinha, entre as quais, a sopa de cação.
Para quem nunca tenha provado, a sopa de cação é das coisas mais maravilhosas da gastronomia alentejana
Existem umas quantas variações desta mesma receita (com coentros, com salsa, com poejo) mas claro, como devem estar à espera, vou dizer-vos que a versão feita pela minha avó é a melhor de todas! Porque é mesmo!
Como quase todas as sopas alentejanas, esta só se chama sopa porque é aquosa, na verdade é uma refeição completa e depois de a comerem não precisam de segundo prato, tal é o nível de conduto.
Não é uma receita super fácil, mas o resultado final é tão bom, que eu quis correr o risco e pô-la em prática, mesmo sabendo que talvez acabássemos a almoçar torradas com chá.
Tinha apanhado poejo que crescia alegremente junto ao lago de la Ganguise num passeio que fizemos há uns tempos atrás e plantei-o aqui num vaso, já a pensar neste prato.

Ingredientes – para 4 pessoas
água quente
azeite
2 dentes de alho
sal
1 raminho de poejo
farinha
6 Postas de cação (conforme o número de pessoas, ponham uma boa posta para cada um e mais 1 ou 2, just in case)
vinagre
paprika
1 folha de louro
2 ovos
pão duro (de preferência alentejano) cortado em fatias fininhas

Preparação:
Numa panela ou jarro eléctrico ponham a quantidade de água necessária para servir 4 pessoas a ferver.
Num almofariz, batam o sal com o alho e o poejo.
Coloquem ao lume o tacho/panela onde vão fazer  a sopa, deitem azeite até tapar o fundo e despejem para lá a mistura que prepararam no almofariz.
Quando o alho estiver alourado, deitem 3 colheres bem cheias de farinha e mexam até se misturar completamente no azeite.
Aos poucos, despejem a água quente, mexendo sempre para não ferver para fora da panela.
Quando o tacho tiver água até meio, coloquem as postas de cação e deixem ferver para o cozinhar.
Despejem 2 dedos de vinagre num copo e deitem no tacho juntamente com uma folha de louro e um pouco de paprika.
Quando o cação estiver praticamente cozido, abram 4 ovos para dentro da sopa (um para cada pessoa) e deixem escalfar.
Rectifiquem 0 sal, se necessário e sirvam nos pratos forrados com o pão.
E assim se matam as saudades de casa por aqui.

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo