Broinhas da minha avó

As receitas das avós são sempre AQUELA coisa, e claro, as da minha avó não são excepção.
Alentejana pura, a minha avó domina tudo o que é receita boa, desde a bela açorda de bacalhau, as migas de espargos com entrecosto, a sopa de cação, a sopa de beldroegas, os sovados, as costas, os escaldados, o nógado…um mundo de coisas que aposto, a maioria dos que me lêem nem sabe do que falo.
Esta receita que hoje vos mostro, não é nem de perto, nem de longe a melhor iguaria que a minha avó sabe fazer, mas como eu ainda não lhe chego às unhas dos pés, quanto mais aos calcanhares, no que aos cozinhados diz respeito, não me posso atirar logo às coisas mais complicadas…e por isso, começo por umas das receitas que fazíamos juntas desde que eu era pequena: broinhas de manteiga.
Uma receita sem truques e com um resultado que nunca desilude.

Ingredientes:
3 ovos
150 gr de manteiga (derretida)
250 gr de açúcar
raspa de 1 limão
farinha até tenderem (cerca de 500 gr)

Preparação:
Bater o açúcar com os ovos e adicionar os restantes ingredientes aos poucos, até obter uma massa uniforme.
Fazer bolinhas (maiores ou menores – como queiram) na palma da mão e colocar em tabuleiro untado e com farinha (ou coberto com papel vegetal). Se gostarem, podem pincelá-las com ovo batido.
Levar ao forno a 180ºC até ficarem lourinhas.
broinhas 3broinhas 2

Artigos relacionados

Digite acima o seu termo de pesquisa e prima Enter para pesquisar. Prima ESC para cancelar.

Voltar ao topo