O quarto da Inês

quarto I 1Quando comecei a pensar na decoração do quarto do bebé, ainda não sabia se vinha lá um menino ou uma menina, mas já tinha uma ideia muito clara do que queria e especialmente do que não queria:
Nada de decorações totalmente branco e rosa, ou branco e azul, nada de Hello Kitty ou Flash MacQueen, nada de coisas que não fossem mesmo necessárias. Por agora a Inês é só um bebé, quando for maior, logo terá oportunidade de escolher o tipo de circo que quer no quarto dela.
E, muito importante: versatilidade.
Afinal de contas, temos uma vida um pouco cigana e com as mudanças de casa é possível que tenhamos também que mudar algumas mobílias de divisão. Por isso, sem contar com o berço (que só tem lugar num contexto), tudo o resto teria que poder encaixar em qualquer outra divisão, se necessário.
Além do berço e das peças que considero utilitárias, cadeirão, cómoda/muda-fraldas, estantes, candeeiro, mesa-de-apoio, o resto seria decoração e passaria maioritariamente por quadros, almofadas, um tapete  e mais umas coisas que me apetecesse produzir.
Não me faz muito sentido (mas isto sou eu) investir muito dinheiro na decoração de um quarto de bebé, já que isso tanto lhe faz e contribui muito pouco para o seu conforto ou segurança. Ainda para mais, tendo eu todo o gosto em e capacidade para fazer essa mesma decoração e a ajuda da minha mãe para toda a parte de costura (colchas, lençóis, protecções de berço, etc).
Antes que venham os senhores da mudança e encaixotem tudo, deixo-vos umas imagens da única divisão desta casa que me vai deixar saudades:
quarto Inês_a quarto Inês_b quarto Inês_cGosto muito do resultado quase final. Digo, quase final porque na verdade quase todas as semanas mudei/acrescentei qualquer coisa e sei bem que vai ser assim até ao dia em que saírmos desta casa (que é já na próxima semana).
Simples, colorido q.b., confortável e fácil de limpar e arrumar (que julgo ser um ponto muito importante no quarto de uma criança).
As decorações foram praticamente todas feitas/personalizadas por mim, conforme tinha planeado. Mostrei-vos a cómoda aqui, a mandala aqui e quando tiver tempo vou-vos contar como fiz mais uma ou outra coisa.
Espero que a nossa nova casa em Seattle permita recriar este quarto, ou uma versão melhorada do mesmo, porque esta é de facto uma divisão cheia de boas memórias.